28 de maio de 2016

RODA DE AMIGA ~ DST

Depois de MUIITO tempo, voltei aqui para mais um PAPO DE AMIGA!
Para quem ainda não viu, tem um papo de amiga suuper legal aqui no blog sobre calendário menstrual (CLIQUE AQUI) então corre para ver ;D 

Esses dias assisti uma palestra na faculdade sobre doenças sexualmente transmissíveis (DST). Achei legal trazer o assunto aqui para o blog, já que hoje em dia muitas meninas e meninos começam a fazer sexo mais cedo, e muitas vezes não se protegem com camisinha e tal. 




Sei a importância de falar sobre isso e sei também  que esse é um assunto muito serio tambem.. Maas como uma futura enfermeira (rs), achei que seria interessante fazer esses post. 

Vamos para o principal. A DST é transmitidas principalmente, por contato sexual sem o uso de camisinha com uma pessoa que esteja infectada. Algumas DST podem não apresentar sintomas, tanto no homem quanto na mulher, o que é muiito preocupante, já que as vezes a pessoa esta contaminada e não sabe. Por isso é recomendado que, se fizerem sexo sem camisinha, procurem um profissional de saúde periodicamente. Essas doenças quando não diagnosticadas e tratadas a tempo, podem evoluir para complicações graves, como infertilidades, câncer e até a morte.
Aquela historia de que camisinha não é só para prevenir uma gravidez, é uma suuuper verdade, o uso de preservativos é o método mais eficaz para a redução de transmissão das DST, em especial o vírus da aids, o HIV. 

Quando falamos de DST a primeira que vem na mente é a aids, mas poucos sabem que existem outros tipos de doenças, como : vírus do papiloma humano - HPV, gonorréia, sífilis,etc. 
(NÃO COLOQUEI IMAGENS EM RESPEITO A TODOS, PRINCIPALMENTE AQUELES QUE NÃO GOSTAM DE VER, CRIANÇAS CURIOSAS CHAMEM A MÃE DE VOCÊS PARA TAMBÉM VER O POST E DEPOIS VER AS IMAGENS COM VOCÊS) 

Além de conhecer seu namorado e usar preservativo, é muito importante também ir no médico exames de rotina,etc. 


Quero terminar esse port recomendando um livro para vocês. Minha professora passou pra gente ler e no final eu acabei gostando e acho que tem tudo haver com o assunto de hoje.
O livro tem em pdf e uma leitura super facil, uma dica para quem não gosta de ler vai ler rapidinho rs.
O livro é o Depois daquela viagem da Valéria Piassa Polizzi.


" Valéria Polizzi relata com bom humor e descontração as farras com a turma de amigos, a dúvida entre "ficar" ou namorar, o despertar da sexualidade, a angústia diante do vestibular e muitas coisas que atormentam qualquer adolescente. Tudo isso seria perfeitamente natural se não fosse por um pequeno detalhe que iria fazer uma enorme diferença: Valéria contraiu AIDS aos 16 anos.

A autora mostra como, de repente, por causa de quatro letrinhas, sua vida passou por uma reavaliação radical. Ela expõe, sem meias palavras, como a doença mexeu com sua cabeça e com os seus sentimentos, ficando claro a sua resolução de preservar sua condição de ser humano a qualquer custo."





Espero que vocês tenham gostado desse post, acho que é um jeito de legal de amigas conversarem de um assunto serio até.


OBSERVAÇÃO: claro que sei que pessoas também podem se contaminar se usarem a mesma seringa, de mãe para filho, entre outras. Mas o foco desse post foi mesmo para alertar sobre as doenças sexualmente transmissíveis e a importância de se usar camisinha.

Criticas construtivas são sempre bem-vindas!

12 de maio de 2016

12 DE MAIO

É muito indigesto ouvir comentários do tipo: "Nossa, fez 5 anos de faculdade pra trocar fralda!", ou "Você é bom, porque não faz medicina", ou ver uma novela das 21 tratando os enfermeiros como parasitas que nada fazem, além de "enfeitar" o hospital. Pois bem, sei que muita gente não faz a menor ideia do que ocorre dentro de um hospital, e achei por bem fazer essa espécie de "diário de um enfermeiro", para que todos entendam como é de fato o nosso dia de trabalho:
Normalmente a galera da enfermagem acorda às 5 da manhã pra bater ponto às 7 e render os colegas que já estão massacrados após uma jornada cruel de trabalho.
(...) Depois de umas 48hs no ar, você vai pra casa, tentar dormir e curtir um pouco a sua família, porque no dia seguinte, lá estará você novamente, numa longa jornada de trabalho.
Confesso à todos, que mesmo em casa, já cansei de dormir ouvindo bombas e monitores alarmando, é desesperador! Mas enfim, somos apenas enfermeiros né?! O único momento em que seremos lembrados, é quando algum colega de profissão tragicamente administrar vaselina na veia de um paciente, viramos escárnio público pelo erro de UMA pessoa.
Não sei, mas tenho a sensação de que metade das pessoas que criticam, não aguentariam fazer o nosso trabalho por mais que 30 minutos, afinal, para lidar com a dor e a doença alheia, até onde sei, é preciso conhecimento que vai muito além de saber trocar fraldas...
AUTOR DESCONHECIDO
Decidi colocar esse pedacinho de um texto porque resume bem o que acontece, e depois disso, acredito que a unica coisa que tenho a dizer é :
PARABÉNS PRA NÓS ENFERMEIROS, FUTUROS ENFERMEIROS... 

Hoje é o dia mundial do enfermeiro mas todos aqueles que amam seu trabalho, principalmente na aérea da saúde, merecem parabéns <3